fbpx

Abstrato:

Pessoas que foram repetidamente expostas a eventos traumáticos estão sob alto risco de Transtorno de Stress Pós-Traumático (TSPT). Refugiados e imigrantes podem estar muito provavelmente nessa situação, mas raramente procuram ajuda nas terapias profissionais devido a razões culturais, linguísticas, financeiras e históricas. 

Um tratamento rápido e sensível culturalmente é altamente desejável em comunidades novas para a cura no estilo ocidental. Neste estudo com 31 participantes (5-48 anos), foi aplicado um pré-teste e todos os participantes receberam Terapia do Campo do Pensamento (TFT), e foram então testados após 30 dias. Os resultados totais pré e pós-teste mostraram uma queda significativa em todos os subgrupos de sintomas existentes nos critérios para TSPT. Os resultados deste estudo contrastam com os resultados de outros métodos de tratamento e são um acréscimo significativo ao crescente corpo de dados sobre a saúde mental dos refugiados.

Go to top